Notícias

Sub-19: União Harmonia busca empate por 1 a 1 diante do São José no Passo D’Areia

Categoria: Notícias, União Harmonia

Desde o mês passado o União Harmonia não tem mais compromissos oficiais pelas competições da Federação Gaúcha de Futebol, quando encerrou suas participações no Campeonato Gaúcho Sub-19 e na Copa Seu Verardi – primeiro torneio disputado pelo clube com atletas profissionais. Isso, contudo, não quer dizer que o ano já acabou para o Harmonia.

Na sexta-feira, por exemplo, a equipe sub-19 alviverde foi até o Estádio Passo d’Areia, onde participou de um jogo-treino com o time da mesma categoria do São José, que prepara seus jogadores para a Copa São Paulo de Futebol Junior, em janeiro, no Estado de São Paulo. O jogo foi o primeiro coletivo do União Harmonia desde o final das competições, em meados de outubro.

Mesmo sentindo a falta de ritmo, o time canoense não fez feio perante os comandados de Leocir Dall’Astra. Treinados por Mateus Gamarra, os jovens do União Harmonia empataram em 1 a 1 com o Zequinha. No primeiro tempo, o jogo foi equilibrado, com o União desperdiçando boa chance de inaugurar o placar bem no início. O time da Zona Norte de Porto Alegre também não soube aproveitar duas boas chances, e a primeira etapa terminou em 0 a 0.

Depois do intervalo, os técnicos foram testando alternativas em suas equipes, e com as mudanças, surgiram mais chances de gol. O time do Zeca estava mais atento e, numa bobeira da zaga alviverde depois de escanteio pela direita do ataque, Guilherme, de cabeça na pequena área, fez 1 a 0 para os donos da casa. O São José poderia ter ampliado e perdeu pelo menos dois gols feitos – um deles salvo em cima da linha pela defesa do União.

Passado o susto com as chances perdidas pelo anfitrião, o União Harmonia foi à luta e ainda assustou o São José dentro de sua área. Na jogada mais bonita da manhã, Pablo recebeu pela esquerda do ataque, conduziu a redonda, limpou dois adversários e mandou um balaço que explodiu no travessão. Foi o cartão de visitas do time de Canoas.

Aos 40 minutos, um lançamento preciso encontrou o lateral Índio na direita do ataque. Ele bateu cruzado, sem chance para o goleiro, e empatou: 1 a 1. “Acho que o time foi muito bem. No primeiro tempo até produzimos mais, mas o resultado é justo. Para mim, pessoalmente, foi uma boa experiência, pois sou sub-17 e enfrentei jogadores mais experientes e consegui marcar este gol. Valeu muito!”, avaliou Índio, depois do jogo.

Mateus Gamarra fez coro ao lateral. Segundo o treinador, os meninos “não sentiram o jogo contra uma equipe mais entrosada. Foi nosso primeiro trabalho de pré-temporada (para 2020), mas mantivemos a base e os jogadores já conhecem a formação do time. Esperamos evoluir ainda”, declarou.

Voltar